Saiba mais
Idioma
Menu
Menu
Idioma

Bike Brasil inaugura espaço que conta a história do mountain bike

O Festival Bike Brasil chega à edição de 2018 com muitas novidades, além do novo nome e do reposicionamento no mercado. Uma nova área será destinada aos apaixonados por Mountain Bike: é o Espaço Vintage MTB Brasil, voltado aos modelos dos anos 1990 até 2000 que fizeram parte da infância e da adolescência de ciclistas como os amigos Rodrigo Miras e Eric Fernandes.

O local foi montado com a ajuda da organização sem fins lucrativos Vintage MTB Brasil. Mais de 20 bicicletas contarão um pouco da história do Mountain Bike no Brasil. “A essência é a mesma, mas a tecnologia, o peso das peças, a geometria e a posição de pilotagem, entre outros fatores, estão diferentes na comparação com as mountain bikes antigas”, conta Rodrigo, que ganhou a sua primeira MTB aos 15 anos. “O público verá as diferenças entre os modelos de antes e as chamadas e-bikes, com tecnologias como pedais assistidos, capazes de auxiliar na pedalada e no desempenho do praticante”, afirmou Eric, que atua no mercado de vendas de equipamentos de bicicletas há mais de 20 anos.

“Quando comecei a andar de mountain bike, passei a frequentar uma loja que tinha de tudo. Tirava muitas dúvidas com os funcionários, até que acabei me tornando mecânico de lá”, lembra. Hoje, Eric e Rodrigo trabalham juntos na fabricação e comercialização de peças, sendo mais de 90% delas para MTB de competição.

Além da exposição, o Festival sediará dois torneios: a etapa da Copa Internacional Levorin de Mountain Bike e a Copa Brasileira de BMX. Mais de 500 atletas participarão do campeonato durante os três dias do festival. O piloto Eduardo Arruda, um dos embaixadores do evento, afirma que o esporte, apesar de ter classificação individual, não deve ser encarado desta forma por quem deseja se tornar profissional. “Ajudar o próximo a se desenvolver é essencial para que, cada vez mais, o número de praticantes aumente.

Consequentemente, o mercado se expande e gera mais espaço para competidores”, afirma ele, que se diz mais um entusiasta do esporte do que um atleta propriamente dito.
Além de ver as MTBs antigas e assistir aos campeonatos, os visitantes do Bike Brasil também contarão com pistas de test ride com diversos modelos, incluindo lançamentos de mercado para diferentes modalidades. É inovação e lazer em um único lugar. Combinação perfeita, segundo quem entende do assunto. “O importante para se tornar um profissional é andar de bike por diversão”, conclui o embaixador.