Saiba mais
Idioma
Menu
Menu
Idioma

Cinco equipamentos indispensáveis na hora de pedalar

Andar de bicicleta é uma atividade divertida que faz bem para o corpo e à mente.
Seja como esporte ou meio de transporte, a verdade é que a “magrela” ainda faz sucesso entre adultos e crianças. Muita gente pedala sozinha, com amigos ou parentes, mas a companhia que não pode faltar é a do equipamento de segurança.
Quando pensamos em proteção nas pedaladas, o capacete é o primeiro item que vem literalmente à nossa cabeça. Porém, muito outros acessórios são importantes para garantir uma maior segurança e até aumentar o desempenho dos esportistas. A sapatilha para bike é um bom exemplo de um apetrecho que pode preservar, aumentar o rendimento e trazer conforto para ciclistas profissionais e amadores.
Selecionamos uma lista de equipamentos essenciais para você poder pedalar com segurança e comodidade, sem perder os movimentos e toda a liberdade que um bom passeio de bicicleta pode proporcionar. Alguns podem até parecer exagero, mas quando o assunto é segurança, todo cuidado é pouco.

Capacete

O uso do capacete é tão fundamental quanto a própria bicicleta. Não importa se é uma competição, passeio ou simples locomoção de um ponto ao outro, o capacete para bike deve ser obrigatório, assim com acontece com os motociclistas. Proteger a cabeça contra impactos não é exagero e sim um ato sensato e prudente.
No mercado, é possível encontrar alguns modelos. O importante é analisar fatores como tamanho, material, ventilação e conforto. O acessório não pode ficar folgado, tampouco muito apertado. Em lojas de artigos esportivos você pode encontrar os seguintes tipos de capacete para bike:

Capacete aberto (concha) – utilizado pela maioria dos ciclistas. É bem ventilado e aerodinâmico. Pode ser usado para passeios e por praticantes de mountain bike;
Capacete urbano (Coquinho) – Possui uma proteção maior nas laterais para proteger o usuário em quedas verticais. É o preferido da galera que faz BMX, Street e Vertical;
Capacete fechado – Parecido com um capacete de Motocross, protege toda a cabeça e a região do queixo e boca. Indicado para BMX e DownHill;
Capacete de pista – Este é o que chamamos de profissional, usado pelos atletas em provas de velocidade em quadras e ruas. É resistente e aerodinâmico.

Óculos

São importantes para proteger a visão do usuário contra cascalho e detritos das trilhas. Em pistas asfaltadas também evitam irritações causadas por fuligem e poeira. Alguns modelos podem ser escuros para serem usados durante dias com sol intenso. Essas lentes devem ser evitadas em caso de pistas com muita sombra ou vegetação mais fechada.

Luvas

A luva é um exemplo de como um equipamento pode ao mesmo tempo proteger e ajudar no desempenho e conforto na prática esportiva. O uso deixa as mãos salvas de cascalhos, impactos e atritos com o punho da bicicleta. Sem contar que melhora a empunhadura e oferece mais segurança nas manobras.

Sapatilhas

À primeira vista, pode parecer exagero, mas sapatilhas especiais são muito mais interessantes para ciclistas do que os tênis esportivos. Além de muito confortável, o acessório adere o seu solado ao pedal da bicicleta, aumentando a força e o rendimento das pedaladas. Ele ainda evita aquelas “escorregadas” do pé que podem levar o ciclista ao chão. Assim como os capacetes, a sapatilha para bike pode ser encontrada no mercado em vários modelos para ser usada de acordo com a necessidade de casa usuário. Confira:
Sapatilhas de mountain bike;
Sapatilhas de Speed;
Sapatilhas Urbanas.

Mochila de Hidratação

Este não é um item que protege diretamente qualquer parte do corpo, mas ajuda a manter o organismo hidratado e saudável. Além de deixar a prática mais prazerosa, a mochila garante um tempo maior em trilhas ou passeios mais longos, armazenando água e alimentos em pequenas porções.
Fonte: Portal JE Online